A resposta objetiva para essa pergunta é: falando. Sim, a forma mais rápida e fácil de aprender um novo idioma, qualquer que seja, é praticando o exercício da fala continuamente. Parece óbvio, mas esse fato muitas vezes é negligenciado por quem está aprendendo ou ensinando uma nova língua. Vamos entender melhor a questão.

Em muitos cursos de idiomas, incluindo as aulas básicas de inglês e espanhol tão comuns na época do colégio, o foco do aprendizado se concentra excessivamente na gramática, restando pouco ou nenhum tempo para a conversação. Quem nunca passou aulas e mais aulas apenas repetindo o verb to be? Gramática é essencial em qualquer linguagem, mas não é o fator responsável por fazer ninguém falar um idioma com confiança e clareza.

Quem fala uma língua é quem fala.

Você certamente já conheceu alguém que não sabia escrever, talvez nem mesmo o próprio nome, mas ainda assim era capaz de conversar normalmente, entendendo e explicando as mais diversas situações. Isso é possível porque, desde criança, todas as pessoas praticam o exercício da fala por repetição. Dessa forma, é possível falar perfeitamente, mesmo sem nenhum conhecimento sobre regras gramaticais.

O mesmo vale quando, na vida adulta, chega o momento de aprender a falar inglês, espanhol, francês ou qualquer outro idioma. Nos cursos tradicionais, os estudantes passam anos aprendendo tudo sobre gramática, quando na verdade deveriam priorizar a conversação. O resultado tende a ser pessoas que possuem amplo vocabulário e conhecem bem a estrutura da linguagem, mas não a dominam de forma prática.

A solução está na ponta da língua.

Aqui na Emphasis Idiomas, adotamos uma metodologia que valoriza a conversação. Existem lições de gramática? Certamente! Porém, elas atuam como suporte para os aspectos mais importantes que são aguçar a audição e desenvolver a fala. Ouvir, entender, falar e repetir são as ações que facilitam a assimilação do conteúdo, a memorização do mesmo e que permitem suas aplicações práticas.

Nossa sala de aula não possui quadros ou pilhas de livros e exercícios por escrito. Tudo o que precisamos para aprender, de verdade, é de um material impresso específico por módulo e de muita prática verbal, para aprimorar o vocabulário, compreender claramente o que é dito e conseguir organizar respostas e diálogos.

Não existem fórmulas mágicas, mas existe sim uma forma de aprender mais rápida e facilmente. Entre em contato conosco para conhecer nossa metodologia de ensino e comece a se comunicar com o mundo hoje mesmo!